Resenha Literária #2: Vidas Muito Boas - J.K. Rowling

by - dezembro 22, 2017


Recentemente, comprei "meio que" por impulso o livro "Vidas Muito Boas", de J.K. Rowling. O motivo pode parecer evidente - é a mesma autora de Harry Potter, série que fez parte da minha infância e que me acompanha nas leituras e telas de tv até hoje. De fato, eu não sabia ao certo qual era o conteúdo do livro. Sabia apenas que era mais um trabalho de uma das minhas escritoras favoritas e que eu precisava dele em minhas mãos o mais rápido o possível.
Fiz a encomenda em uma livraria, e quando ele chegou, acabei me decepcionando um pouco pelo tamanho e ao descobrir que era "apenas um discurso", o que me fez refletir seriamente o número de pessoas que devem ter cometido o mesmo erro que eu ao comprar um livro não muito barato esperando que fosse uma nova história ou algo assim. São poucas páginas em uma gramatura bem grossa e com pouco conteúdo, embora muito bem diagramadas e com belas ilustrações. Li o livro todo em menos de meia hora, e não posso negar que, apesar de tudo ser escrito em poucas linhas, a mensagem ficou bem clara.
"Vidas Muito Boas" traz à tona um discurso feito pela autora quando foi convidada a ser paraninfa na Universidade de Harvard. Em sua fala, ela abordou temas como o fracasso e a importância da imaginação, e toda a influência que estes tiveram em sua vida durante determinados períodos.

Resultado de imagem para vidas muito boas livro
Título: Vidas Muito Boas
Autor: J.K. Rowling
Páginas: 80
Editora: Rocco
Ano: 2017
Gênero: Autoajuda - Desenvolvimento Pessoal

• O que eu achei

O CONTEÚDO: Creio que este não seja um livro que tenha "spoilers" a serem revelados, então posso tranquilamente citar alguns quotes por aqui. No início do discurso, a autora brinca com o fato de que possivelmente ninguém vai lembrar de seu discurso daqui alguns anos (mentira, tem um livro agora), e, fazendo várias referências a Harry Potter, conta um pouco da sua história e de como ela aprendeu as coisas que a transformaram na pessoa que é hoje. De qualquer maneira, todo o discurso é muito inspirador, e imagino que ouvi-lo na hora deve ter sido realmente muito emocionante. JK não nos trouxe uma lição, como aquelas que muita gente quer dar e ninguém quer ouvir. Ela apenas mostrou como algumas situações em nossas vidas podem ser usadas para transformar fracassos em atitudes positivas, sempre usando a humildade e a imaginação na hora de se colocar no lugar de outra pessoa. 

"Talvez vocês jamais fracassem na escala em que fracassei, mas é inevitável ter algum fracasso na vida. É impossível viver sem fracassar em alguma coisa, a não ser que vocês vivam com tanto cuidado que acabem não vivendo de verdade - e, neste caso, vocês fracassam por omissão."


O LIVRO: O livro em si é muito bonitinho! Embora seja pequeno, a versão chegou até minhas mãos em capa dura e com jacket (que é mais bonita que a capa em si). Como disse anteriormente, a gramatura das páginas é bem alta - ou seja, elas são bem duras. Além disso, possuem inúmeras ilustrações que são muito bonitas e combinam muito bem com o conteúdo do livro. Não deixou nada a desejar, exceto pelo fato de que tanto a capa quanto a jacket são brancas e eu morro de medo de sujar.

NOTA: ❤❤❤ = 3/5

O livro me deixou bem inspirada a seguir meus sonhos e a voltar a lutar por aquilo que quero. JK soube, mais uma vez, utilizar as palavras para aquilo que ela faz de melhor, mas infelizmente, ainda não consegui me livrar da ideia de que foi um livro feito apenas para lucrar com um nome. E aí? Já leram? O que acharam?
Caso alguém tenha interesse em não apenas ler, mas assistir o discurso da autora também, aqui está um vídeo:

You May Also Like

20 Comentários

  1. Oi, Carol!
    Eu já sabia que o livro não era uma história em si, por isso nem me animei pra ler ou nada do tipo. Fora que a JK está com alguns pontos negativos comigo por causa de algumas declarações que ela andou fazendo.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do Natal Literário e ganhe prêmios maravilhosos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vish, quais declarações? Fiquei curiosa!

      Excluir
    2. Menina, tem a ver com o Johnny Depp no elenco de AFEOH... mó bafafá

      Excluir
  2. Oi Carol!
    Apesar de amar Harry Potter, não tive interesse nesse livro por não ser uma história, acho que é mais auto-ajuda... Vou guardar o dinheiro do livro e ver o vídeo mesmo.

    Feliz natal! :)
    Beijos,
    Sora | Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  3. Olá Carol, tudo bem??
    Eu já sabia que não se tratava de uma nova história... o erro que cometemos em ser fãs é isso, querer comprar tudo que nosso autor favorito publica. Por isso eu pesquiso bem antes de comprar, mas posso dizer pra ti que sei como é essa impulsividade, pois já a cometi diversas vezes, enfim de qualquer forma, ainda bem que a leitura em si, não foi de todo ruim. Xero!

    https://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo sim, Di, e contigo? Hahaha <3
      Pois é! Acho que essa serviu como uma lição pra mim pra sempre pesquisar antes quando for comprar algo.

      Beijão!

      Excluir
  4. Oi Carol assim que lançou o livro fiquei bem interessada, hoje confesso que o interesse diminui um pouco, mas quem sabe não encontro ele em alguma promoção.
    Beijos

    Divagando Palavras
    www.divagandopalavras.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso! Se não, olha o vídeo mesmo! Garanto que vai ser tão bom quanto! Mas ele fica um charme na estante... Haha

      Excluir
  5. Ouvi falar desse livro e vejo que, embora não seja uma história em si, tá conquistando muitos leitores. Eu só li um livro de discurso e foi da Chimamanda, e eu amei tantooo que eu tô muito animada para ler outros com a mesma temática, acho que dá para aprender muito com essas mulheres incríveis e cheias de experiência :3
    beijos beijos
    N E O D E S V A R I O

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre vejo o pessoal falando muito bem da Chimamanda! Quero ler algo dela algum dia!
      Beijão, Bruna!

      Excluir
  6. Oi Carol!
    Vi uma menina no Instagram fazendo a mesma reclamação que vc. Acho que muita gente comprou o livro sem saber que era um discurso, aí é chato mesmo. Mas, no final das contas, vale pela edição linda e pra ter guardado um discurso da JK, né?! :)
    Beijos!

    Mais Uma Página

    ResponderExcluir
  7. Oi Carol, que pena que não era o que vc esperava, mas ao menos para ser bem insirador, aliás, J.K. Rowling é uma mulher inspiradora! <3

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  8. Oi Carol, tudo bom? :D
    Uns tempos atrás eu queria MUITO ler esse livro, mas uns tempos atrás a J.K. não tinha defendido a permanência de um agressor de mulheres na franquia dela, ai agora minha opinião mudou bastante.
    Tô extremamente decepcionada com a autora.
    Que pena que a leitura não foi tudo que tu esperava :/

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  9. Amei sua resenha :D

    https://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Olá! Seja bem-vindo e sinta-se em casa. Ficarei imensamente feliz em ler sua opinião sobre essa postagem. Logo, logo, farei uma visitinha em seu blog para retribuir. ♥